domingo, 27 de agosto de 2017

Errar é humano, perdoar é ...



Que belas palavras, que bela frase, que belo conceito! Como é fácil ler e repetir esta ideia... mas sabemos valorizar de verdade a máxima:

“errar é humano”... ?

Pensem, meus queridos e queridas, quantas vezes nós erramos durante nossa vida; quase sempre, involuntariamente, verdade seja dita.

Mas erramos; e com isto, prejudicamos, não somente aos outros, senão a nós mesmos, muitas e muitas vezes. Em seguida surge a verdadeira questão:

“perdoar é divino”

Eu me pergunto: não será também humano, o perdão ? Este, concedido entre nós, criaturas terrenas? Pois se todos somos falíveis, não podemos, humildemente, trocar entre nós este lindo sentimento? O perdão...

Gostaria de dizer-lhes, leitores e leitoras:

Errar é humano, mas perdoar-nos mutuamente é GLORIOSO.


 
Beijos e até a próxima!

Nida


NIDA DEL GUERRA FERIOLI (96 anos) é Conciliadora e Mediadora de Conflitos (formada em 2014);  Professora de italiano; Autora dos livros “Vivendo a Vida” e "Le Ricordanze" . Colunista do “Papos de Anjo”, na página literária Boca a Penas (BAP).
É mãe de Eliane, avó de Marcello e Valeria e bisavó de Thais e Maitê.

3 comentários: